Alunos da Escola Alberto Pasqualini Campeões no PROERD

IMG_0125

A garotada do Pasqualini foram campeões na quadra e na arquibancada, pois além saírem com o troféu e medalhadas de melhor equipa, conquistaram também o título de melhor torcida.
Durante as festividades de comemorações do 21º BPM, os alunos e professores da escola foram homenageados pela honrosa participação no PROERD e recebem novamente medalhas do Comandante do Batalhão, Tenente Coronel Márcio Roberto Galdino e aplaudidos por oficial de diversos batalhões da cidade e pelo Comandante do Comando de Policiamento da Capital, Coronel Jefferson de Barros Jacques. Junto com alunos, cheia de orgulho, a Professora Cristina Rensi, também recebeu a homenagem, que divide com todas as turmas do 5º anos (B21, B22 e B23), e com as Professoras Luciane e Janaina.
O sucesso foi tanto, que gurizada da Turma B20, que também faz PROERD, dias depois participaram do quadro “VEM ALICE” no esporte do Jornal do Almoço apresentado pela jornalista Alice Bastos Neves, Parabéns aos alunos, Professores e direção da Escola Alberto Pasqualini e à Brigada Militar por este trabalho preventivo com os jovens.

Sobre o PROERD
O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) é uma iniciativa da Polícia Militar de prevenção para crianças do Ensino Fundamental até o Ensino Médio; os pais também recebem orientações em reuniões e palestras, representando um esforço cooperativo entre Escolas, Pais e Polícia Militar. O PROERD é baseado no Programa Americano chamado D.A.R.E (Drug Abuse Resistance Education).
Os principais objetivos do programa são noções de cidadania, prevenir ou reduzir o uso de drogas e a violência entre crianças e adolescentes. A ênfase deste programa está em auxiliar os alunos a reconhecerem as pressões diretas ou indiretas que os influenciarão a experimentar álcool, cigarro, maconha, inalantes, ou outras drogas e a resistirem a elas, bem como àquelas para se engajarem em atividades violentas. O Programa oferece estratégias preventivas para reforçar os fatores de proteção, em especial referentes à família, à escola e à comunidade, que favorecem o desenvolvimento da resistência em jovens que poderiam correr o risco de se envolver com drogas e problemas de comportamento. Esta estratégia concentra-se no desenvolvimento da competência social, habilidades de comunicação, autoestima, empatia, tomada de decisões, resolução de conflitos, objetivo de vida e independência, e alternativas ao uso de drogas e outros comportamentos destrutivos. O desenvolvimento do conteúdo do PROERD pode ser incorporado de forma interdisciplinar no currículo escolar dentro das disciplinas relativas a saúde, ciências, estudos sociais, literatura e outras. O professor deve manter um papel de apoio na classe, enquanto o policial está em aula.

Deixe um comentário