O Hospital das Clínicas de Porto Alegre (HCPA) receberá uma verba de R$ 59 milhões, liberada pelo MEC.  O anúncio foi feito nesta sexta, 20, em Porto Alegre, pelo ministro da Educação, Rossieli Soares. No total, a expansão do HCPA, que começou em junho de 2014, foi estimada em R$ 511,65 milhões. A expectativa é que o novo espaço fique pronto em dezembro deste ano.

 “O governo federal, juntamente com a direção do hospital, cumpre uma etapa importante, pois, nos últimos dois anos, com esse atual repasse de R$ 59 milhões, garante 100% dos recursos para a conclusão da obra dentro do prazo, ainda neste ano, sem aditivos”, destacou o ministro.

Para avaliar as próximas operações da unidade, foi criado um grupo de trabalho envolvendo o MEC, a Casa Civil e, no Rio Grande do Sul, a Secretaria Estadual de Educação e Saúde e a municipal de Saúde, o HCPA e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

“O MEC está trabalhando para, ainda este ano, fazer um repasse para as primeiras compras de equipamento”, informou Rossieli Soares. “Vamos desenvolver, já com esse grupo de trabalho, a discussão de como faremos até 2019 para 100% do hospital estar funcionando, tanto do ponto de vista de equipamentos quanto na área de pessoal”.

Presente ao evento, o ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, ressaltou a importância do HCPA. “Este é o maior hospital universitário do Brasil”, declarou. “Isso significa dizer que todo o Rio Grande do Sul, e não apenas Porto Alegre, conta com serviços de excelência na área da saúde e para a formação de profissionais de alta especialização.”

A presidente do HCPA, Nadine Clausell, reforçou que a verba para conclusão das obras está completamente disponibilizada. “Quando o hospital ficar pronto, vamos começar a operação trazendo o que temos disponível”, disse. “Ou seja, vai haver uma mudança gradual, trazendo equipamentos e o pessoal já em operação. No primeiro semestre [de 2019], haverá uma movimentação, pelo menos, na emergência, para que possamos, aos poucos, entregar à nossa comunidade o funcionamento do novo hospital. ”

Histórico – Em atividade há 47 anos, o Hospital das Clínicas de Porto Alegre é vinculado academicamente à UFRGS. A unidade responde por 33% das internações de toda a rede pública e por 19% das registradas nos hospitais em geral (públicos e privados), sendo que 25% de internações de alta complexidade do estado são realizadas no HCPA.

No ensino, o hospital dispõe de espaços para a formação de alunos de graduação em 15 cursos da área da saúde e possui programas próprios de residência médica em 46 especialidades, formando mais de 500 residentes por ano.  Na residência integrada multiprofissional em saúde, que oferece nove áreas de atuação, 90 profissionais estiveram em formação e 41 concluíram a residência em 2017. Na área da pesquisa, atuam hoje na instituição 470 pesquisadores.

Ainda em 2017, foram realizadas mais de 589 mil consultas, 31 mil internações, 49 mil cirurgias, 275 mil procedimentos em consultórios e 3,4 mil partos, além de 495 transplantes.

Este desempenho é obtido com a utilização, em seu limite máximo, das instalações e recursos disponíveis. Mas as demandas da sociedade não param de aumentar, e, para atendê-las, o HCPA desenvolveu seu Plano Diretor, projetando a construção de dois prédios anexos que ampliarão significativamente a área física. A expectativa é de que a conclusão das obras representará não apenas a multiplicação de recursos e serviços, mas também o fortalecimento de um padrão de excelência e referência em saúde.

 

Fonte: Ministério da Educação

Deixe um comentário