O Projeto Meninas Crespas, é um grupo formado de crianças, adolescentes, pais e professores da Restinga que trabalha a valorização da estética e resgate da negritude. Nele ocorrem várias ações como oficinas de danças, turbantes, contos africanos e estudos sobre cultura negra. Umas das grandes ações do grupo é a sessão fotográfica de final de ano, com alunos das escolas da rede municipal de Porto Alegre. Desde 2017, educandos das escolas Mário Quintana e Lidovino Fanton participaram da atividade fotográfica.
Em novembro do ano passado, cerca de 45 alunos das duas escolas, juntamente com integrantes do Projeto Meninas Crespas ocuparam e enegreceram o campus da UFRGS- ESEFID. Objetivando apresentar a universida de pública e incentivar um futuro ingresso dos alunos, a sessão de fotos do projeto, que ocorre desde 2015, ano de sua criação, ocorreu na ESEFID. As meninas posaram e mostraram sua beleza para as lentes dos profissionais Eduardo Quadros, Matheus Madril Benites e Urich. As fotos se tornarão capas das agendas 2019 do projeto Meninas crespas que tem como lema: toda garota negra é tão bonita que merece ser capa! Esta iniciativa surgiu dos professores Ezequiel Viapiana, Claudia Freitas, TzusyEstivalet, Rita Silva, (EMEF LidonivoFanton) Marcela Pompeu, Michele Ribas, Perla dos Santos (EMEF Mário Quintana),que em parceria tornaram este momento possível. Além de uma aula de autoestima, as garotas conheceram o funcionamento da Universidade Federal e participaram das atividades da 2º semana Negra da ESEFID, coordenado pela docente Cibele Sastre e graduandos do curso de fisioterapia, educação física e dança.

Deixe um comentário