Seis dicas para curtir as férias mantendo o equilíbrio financeiro

stil-336189

Com a proximidade do verão é impossível não pensar em férias, mas também é preciso planejar tudo o quanto antes para evitar gastos exagerados e desnecessários que podem prejudicar o orçamento da família. Dessa forma, o economista da CDL Porto Alegre, Victor Sant’Ana, elaborou seis dicas que contribuirão para manter a tranquilidade da família também na volta das férias, considerando uma viagem de lazer às praias do litoral brasileiro:

1. Combinação prévia
Converse com os outros membros da sua família antes mesmo de escolher o destino da viagem. Esclareça que todos terão que fazer um esforço conjunto para evitar compras desnecessárias. No caso das crianças, combine com elas um limite de gastos para a compra de lembranças da viagem.

2. Escolha seu destino
Viajar é um momento para curtir e relaxar, portanto, encontre um lugar em que todos poderão se sentir felizes e à vontade. Por exemplo, não será necessário investir em um hotel extremamente luxuoso se vocês só querem ficar na beira da praia ou piscina. Ou seja, invista em uma infraestrutura compatível com o perfil de sua família e suas necessidades.

3. Pesquise
Pesquise os principais destinos para os quais pretendem viajar. E sempre compare os preços e alternativas. Além disso, fique atento a ofertas e cupons promocionais. Existem muitos sites e aplicativos que podem lhe apresentar inúmeras opções, de acordo com o perfil procurado, e ainda lhe avisam quando surgem novas oportunidades de hospedagem no local almejado.

4. Avalie as distâncias
Às vezes, na empolgação de conhecer um novo destino, o consumidor esquece as distâncias que deverá percorrer e, na tentativa de economizar, se hospeda em locais muito distantes do aeroporto, das praias ou dos lugares que quer conhecer. Mas, no fim, acabará gastando mais. Assim, é importante que isso também esteja no planejamento. Algumas vezes, vale a pena alugar um carro para conhecer outras cidades próximas e poder aproveitar mais. Mas, dependendo da localização, o turista poderá usar aplicativos de mobilidade urbana, táxis e ônibus.

5. Otimize o seu tempo
Após definir o seu destino de viagem, pesquise todos os pontos turísticos da cidade. Organize um roteiro, juntamente com suas finanças. Para tanto, é importante definir uma determinada região e visitar todos os atrativos que o turista tiver interesse no mesmo dia, para evitar gastos extras com locomoção. Também é importante saber se os locais de interesse cobram ingresso de entrada, quais são as formas de pagamento e o horário de funcionamento. Diversos museus e igrejas não abrem na segunda-feira.

6. Economize na alimentação
Se for possível e se você estiver disposto, hospede-se em hotéis ou pousadas que tenham cozinha e geladeira disponíveis aos hóspedes. Dessa forma, os gastos com alimentação poderão diminuir bastante e você poderá economizar o suficiente para almoçar ou jantar em algum lugar mais famoso, que seja um diferencial da cidade. Procure levar algumas opções de lanches e água, enquanto estiverem passeando, ou na beira da praia ou piscina.

Fonte: CDL POA

Deixe um comentário