Alargamento da Avenida Edgar Pires de Castro

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Anunciado em novembro, com um início simbólico da obra e a presença do Prefeito Sebastião Melo, o alargamento da Avenida Edgar Pires de Castro começou nos primeiros dias do ano.

Uma demanda de 20 anos da ACIR ganhou o apoio da Sul POA, Associação de Empresas do bairro Hípica. Juntas, as duas associações ganharam mais força e representatividade junto à Prefeitura Municipal de Porto Alegre, que, por sua vez, deu respaldo e cumpriu uma promessa de campanha do Prefeito. 

A pedido dos próprios comerciantes da região, a obra que começaria no final de novembro foi adiada para janeiro para não causar muitos transtornos no trânsito que no mês de dezembro historicamente é mais congestionado

Trata-se de uma obra que já havia sido anunciada há mais de uma década, mas que foi cancelada em função das obras da Copa do Mundo de 2014. No entanto, a comunidade empresarial manteve-se mobilizada, cobrando de todos os prefeitos de Porto Alegre neste período.

“A cidade tem que ser cuidada em todos os seus pontos. Esta via é uma das mais importantes de ligação à Zona Sul, e a comunidade aguarda a obra há muitos anos. Estamos avançando por uma vida melhor, mais desenvolvimento e mobilidade humana” – Prefeito Sebastião Melo.

Nesta primeira etapa, as equipes trabalham na marcação da obra e no sistema de drenagem pluvial. Logo após, começará o alargamento da pista, colocação de meio-fio e, por fim, o asfalto. A obra inicia no trecho entre a Estrada Gideon Leite até o Super Kan no sentido centro/bairro e depois no sentido contrário. Na outra etapa, o mesmo processo será executado do Super Kan até a Estrada da Costa Gama. A previsão de conclusão é de 10 meses, dependendo das condições climáticas. O investimento soma cerca de R$ 3 milhões. Embora pareça uma obra simples, as equipes terão que colocar tubulação de esgoto pluvial em algumas partes, realocar outras e ainda tomar muito cuidado com a tubulação de gás que percorre a avenida.